Networking que gera negócios
POSTADO EM 27 de February de 2019

Grupo empresarial une empreendedores e contribui para que Rio Preto ganhe um centro de evento

 

Atribuída a Clarice Lispector, a frase “quem caminha sozinho pode chegar até mais rápido, mas aquele que vai acompanhado com certeza vai mais longe” cai como uma luva quando o assunto são as parcerias de negócios e alianças desenvolvidas no BNI Start, de São José do Rio Preto (SP). Graças ao networking proporcionado pelo grupo, a cidade ganhará em breve um espaço com 2 mil metros quadrados voltado para a realização de eventos corporativos, congressos, feiras, shows, formaturas e eventos sociais.

Há cerca de cinco anos os empresários Jean Cardoso e André Oliveira já planejavam a criação de um espaço na cidade para receber eventos. “O JK Hall permite que Rio Preto receba shows, convenções e eventos que não chegam à nossa cidade devido à carência de um local”, explica André Oliveira. Mas foi dentro do BNI Start que a ideia ganhou forma e pôde se tornar real. “Ao integrar o BNI pudemos ter contatos e referências qualificadas de profissionais como arquitetos, engenheiros, decoradores, entre outros, que puderam atuar na realização do nosso projeto. Inclusive, foi no BNI que o empresário de turismo Manolo Domingos se tornou nosso sócio no JK Hall”, destaca Jean Cardoso.

Com um investimento inicial de R$ 5 milhões, o JK Hall é um centro de eventos multiuso. Localizado no Shopping Iguatemi, permite configurações exclusivas para diferentes opções de uso e acomodações para variados formatos de eventos, podendo realizar até três eventos simultaneamente. A inauguração está prevista para abril deste ano.

Helder Ferreira, vice-presidente do BNI Start, explica que o networking é uma prática de marketing de baixíssimo custo que oferece eficácia para identificar oportunidades e desenvolver contatos de negócios. “A história do surgimento do JK Hall em Rio Preto mostra na prática a importância do networking. Atualmente, os empresários e empreendedores bem-sucedidos são aqueles que melhor exploram esse método e conseguem construir uma rede de relacionamento rica e diversificada. Fazer networking é, portanto, uma habilidade que possibilita alcançar o sucesso. Todo o grupo está animado com o surgimento desse empreendimento“, diz.

Cheio de planos e metas, Jean é taxativo ao dizer que o BNI foi fundamental para alavancar o novo negócio. “O BNI é uma rede confiável de infinitas possibilidades, como se fosse uma grande empresa que abrange diversos setores. Percebo que existe uma expectativa positiva para o sucesso de cada membro do BNI e isso dá sempre um ânimo maior aos participantes. Foi no grupo do BNI que pudemos impulsionar o novo negócio que irá trazer muitos benefícios para a cidade, que carecia de um local assim”, finaliza Jean.

Por:

COMENTE

*

Comentários