Empresários de Rio Preto driblam a crise com rede colaborativa de negócios
POSTADO EM 16 de August de 2018

Com um ano de existência na cidade, rede já movimentou R$ 5 mi

Uma rede que une empresários está fazendo sucesso em Rio Preto. Presente em 75 países e com 230 mil membros, o BNI (Business Network International) já gerou cerca de R$ 38 bilhões em negócios entre seus membros em todo o mundo. Em Rio Preto, um ano após o lançamento da unidade, a rede que une 31 empresários da cidade, já movimentou aproximadamente R$ 5 milhões.

Alexandre Anbar, presidente do BNI Start, explica que podem participar do grupo empresários de qualquer ramo, com empresas de qualquer tamanho, bem como profissionais liberais. “O objetivo principal da organização é a geração de negócios entre os membros, por meio da troca de referências qualificadas. Em uma rede colaborativa, se propõem a indicar os serviços de outros empreendedores, dar visibilidade à marca deles e, assim, participar da expansão dos negócios de várias empresas ao mesmo tempo. Em Rio Preto, já ocorreram mais de 2 mil indicações”, explica.

Segundo Anbar, durante as reuniões, o grupo prefere ignorar o momento de instabilidade econômica do País. “Nossas reuniões são sempre animadas, a palavra crise não é mencionada. Quando nos encontramos, trocamos ideias, fechamos negócios e crescemos como empreendedores. Esse é o ponto mais importante no BNI, que nos faz ir contra a maré: a ajuda mútua”, enfatiza.

A procura para fazer parte do BNI foi tão grande, que em breve Rio Preto ganhará um segundo grupo do BNI. Além disso, os números devem ser ainda maiores dentro de alguns meses, uma vez que o BNI está expandindo para mais cidades da região como Catanduva, Votuporanga e Olímpia.

“O BNI mostra como o networking é uma ferramenta poderosa no universo empresarial. Mesmo em momentos difíceis da economia, dentro do grupo encontramos formas de passar ilesos a esses problemas, pois nossa missão é ajudar e ser ajudado”, finaliza Anbar.

Por:

COMENTE

Comentários