Empresas encontram na cultura corporativa o caminho para se destacar no mercado
POSTADO EM 22 de January de 2018

Cultura organizacional pode interferir diretamente no ambiente de trabalho, contribuindo para maior eficiência, foco e produtividade

Desde que Daniel Rosa fundou sua empresa de call center, há quase 10 anos, muita coisa mudou no mundo corporativo. Ciente desse cenário em transformação, logo no início, o empresário definiu uma cultura que evidenciasse os valores da empresa. Atualmente, ele colhe os frutos dessa decisão ao receber no final do ano passado uma certificação da Great Place to Work, que reconhece empresas com excelentes ambientes de trabalho e que valorizam seus colaboradores.

“Estabelecer os parâmetros da cultura corporativa desde o início da empresa foi muito positivo. Nas ações do dia a dia, foi possível notar que a cultura organizacional é capaz de motivar os colaboradores e ajudá-los a crescer junto com o empreendimento”, explica Rosa.

Paulo Amorim, profissional com mais de 35 anos de atuação na área da gestão de pessoas, explica que a cultura corporativa é responsável por reunir os hábitos, comportamentos, crenças, valores éticos e morais e as políticas internas e externas de uma empresa. “Muito tem se falado sobre a velocidade das mudanças e como nos prepararmos para esta nova realidade. Nesse ambiente, é fundamental deixar bem claro quais são os valores, as visões e as ideias em que a organização acredita. Isso porque uma cultura corporativa eficiente transforma o ambiente de uma empresa, trazendo mais objetividade, produtividade e sintonia entre todos os envolvidos”, afirma Amorim.

Com passagem por grandes empresas como Coca-Cola, Gerdau e Dell Computadores em funções executivas com abrangência nacional e global, Amorim ressalta que o contexto atual e futuro das pessoas e organizações demanda novos comportamentos e práticas, para que se possa navegar em um ambiente de constante transformação.

“Vivemos mais, começamos a trabalhar mais cedo, ficamos por mais tempo no mercado de trabalho e queremos ser aceitos como realmente somos. Por isso, implementar e fomentar a cultura corporativa na organização é fundamental para o crescimento sustentável e para a perpetuação dos valores e propósitos. Dessa forma, é preciso levar em consideração o contexto, a maturidade da organização e como isso está alinhado com a estratégia do negócio”, ressalta Amorim.

Ana Carolina Verdi Braga, diretora do Cegente Educação Corporativa, afirma que a cultura corporativa permite que os colaboradores percebam o negócio da empresa com outro olhar e possam agir de forma mais proficiente. “O empresário que investe em gestão de pessoas e em cultura corporativa de qualidade consegue gerar mais satisfação entre os colaboradores e, com isso, aperfeiçoar seu negócio obtendo maior lucro em suas atividades”, comenta.

Evento em Rio Preto debate a cultura corporativa

Para auxiliar os gestores no aperfeiçoamento da cultura corporativa, no dia 7 de fevereiro, o Cegente Educação Corporativa realiza a segunda edição do EmpreendeRH. Com o tema transversal “O impacto da cultura corporativa nos resultados”, o evento contará com palestras, painéis e momentos para networking.

Com presença confirmada dos palestrantes Paulo Amorim, Agostinho Monsserrocco, Oswaldo Maia, Rogério Gabriel e Sergio Povoa, a segunda edição do EmpreendeRH será realizada no dia 7 de fevereiro, das 8h às 18h, no Centro de Convenções da Acirp, localizado na avenida Bady Bassitt, 4052. A programação completa do evento, currículo dos palestrantes e dos convidados dos painéis e como fazer a inscrição, você encontra no site do Cegente (www.cegente.com.br).

Por:

COMENTE

Comentários