Como reforçar a comunicação sem ser repetitivo
POSTADO EM 20 de July de 2018

Para haver comunicação efetiva, que realmente entregue uma mensagem assertiva a todas as pessoas que se deseja alcançar, são necessárias ações contínuas para se reforçar um discurso e a escolha certa de canais. E esse reforço e presença constantes não significam repetir um assunto ou uma forma de se comunicar. Pelo contrário, é preciso ser criativo para que a comunicação não se torne mais do mesmo e se acabe virando algo desinteressante para quem a recebe.

Pensando nisso, separamos três dicas para uma marca reforçar a comunicação sem ser repetitiva:

 

meios

Diversifique seus canais de relacionamento com seu público

 

Além de ampliar sua rede de relacionamentos, alcançando maior número de pessoas, quando uma empresa se comunica por diferentes vias, ela desenvolve maneiras novas de abordar o mesmo assunto, reforçando ainda mais seu discurso. Isso acontece porque cada canal de comunicação possui particularidades que devem ser levadas em conta na produção do conteúdo.

Uma marca que se comunica por meio do rádio ou podcasts, por exemplo, produz conteúdos a partir de recursos sonoros que ajudem a enaltecer sua mensagem, como tom de voz, músicas etc. Já na comunicação veiculada na televisão ou em vídeos do YouTube, os recursos de imagens, com fotografia, cores e gráficos, também colaboram para agregar valor à fala.

Outro ponto importante a ser levado em consideração é o público que recebe a mensagem em cada uma dessas vias: é possível que quem é fã de podcasts, por exemplo, não escute programas de rádio ou então até não assista a tantos programas de TV. Dessa forma, cada mídia trabalha com personas específicas e, por isso, o conteúdo veiculado em cada uma deve levar em conta essa diversidade.

 

Cartas
Explore todo o universo de assuntos que envolvem seu produto ou serviço

 

Reforçar a comunicação e buscar cada vez mais maneiras de estar presente no dia a dia do seu público não significa repetir todos os dias a mesma mensagem, replicando um único tipo de conteúdo na cabeça das pessoas. Aliás, isso pode até gerar um efeito contrário do desejado: afastar o público de uma marca.

Para não cair na repetição é importante imaginar possibilidades diferentes de conversas que explorem todos os temas capazes de interessar pessoas que procuram ou consomem seu produto ou serviço.

Vamos imaginar uma loja de roupas para bebês de até dois anos. Além de falar apenas sobre os detalhes e a qualidade de suas roupinhas, essa marca pode explorar em sua comunicação todo o universo de assuntos que envolvem bebês, crianças, mães, pais, criação de filhos, gestação, amamentação, introdução alimentar, desenvolvimento da fala, brincadeiras infantis etc., pois esse é um assunto pelo qual quem compra roupas para bebês de até dois anos, geralmente, também se interessa.

PessoasEntregue conteúdos relevantes a quem realmente está à procura deles

 

Quando uma pessoa está em busca ou se interessa muito por algo que sua empresa é capaz de entregar, ela pode até agradecer se você oferecer sempre a ela um conteúdo relevante e repleto de informações pertinentes sobre o que ela procura.

Mas é importante ressaltar que, além da qualidade desse conteúdo, é preciso entregá-lo nas mãos certas: todos os assuntos sobre o universo das crianças de até dois anos citados no tópico anterior podem não interessar pais de adolescentes ou pessoas sem filhos. E pode ser que, para esse público, receber sempre o seu conteúdo não agrade tanto.

Dessa forma, conhecer o perfil e as necessidades do seu público é fundamental. Você pode fazer isso com pesquisas de interesse, usar ferramentas de sondagem oferecidos em redes sociais que sua marca participa, testar a performance de diferentes assuntos em seus canais para saber qual conteúdo agrada e mensurando sempre resultados em cada via de comunicação.

 

Se quiser mais dicas de comunicação, especialmente para os pequenos e médios negócios, além de acompanhar nosso blog, você pode se inscrever no canal da Multivias no YouTube, onde compartilhamos semanalmente novos conteúdos na série “Pequenas Empresas, Grandes Marcas”.

 
 

Botão para Blog_Livro e Diagnóstico

 
 

Por:

COMENTE

Comentários