Como planejar a comunicação nas redes sociais da minha empresa?
POSTADO EM 27 de July de 2018

Nas redes sociais, a comunicação é rápida e espontânea. Mas isso não significa que, quando se trata de uma página corporativa nessas mídias, ela deva ser menos planejada. E nem que planejar a comunicação nas redes sociais envolva apenas as frases e imagens usadas nos posts para impactar seguidores.

Assim como nos demais canais de comunicação, as estratégias do gerenciamento de redes devem ser definidas “de dentro para fora”. Ou seja, para planejar a comunicação nas redes sociais da sua empresa, você deve pensar primeiro no posicionamento da marca e, depois, criar as ações necessárias para comunicá-lo nas redes.

Seguindo esse caminho, você vai perceber que a comunicação e a produção de conteúdo para as redes sociais fluirão melhor e deixarão cada vez menos brechas para dúvidas ou indecisões sobre o tipo de conteúdo a ser postado.

 

Exemplo prático
Vamos imaginar que você é dono de uma empresa de tecnologia, mas não consegue planejar a comunicação nas redes sociais por não saber qual tipo de conteúdo (frases, campanhas, imagens etc.) deve favorecer o relacionamento com seus seguidores. Para sair desse impasse, você só vai partir para a criação de qualquer post depois que tiver definido:

 

1) Objetivos da sua marca

 

Ao planejar a comunicação (não apenas digital), reserve um tempo para pensar nos principais objetivos do seu negócio – que estão muito além de apenas “ganhar dinheiro gerando tecnologia”: Por qual razão a sua empresa existe? Como sua empresa resolve os problemas do cliente? Que aspectos diferenciam a sua empresa dos seus concorrentes?

 

2) Público-alvo

 

Quem são seus clientes? Que estilo de vida eles têm? Qual a faixa de idade principal de seus compradores ou usuários das suas soluções? Onde moram e com o que trabalham? Quanto eles costumam gastar com seus produtos ou serviços? O vídeo abaixo, do canal da Multivias no YouTube, pode ajudar traçar os públicos de um negócio para fortalecer a comunicação:

 

3) Linguagem

 

Se sua marca fosse uma pessoa, como ela seria? Como ela se comportaria? Ela seria simpática? Atenciosa? Simples? Luxuosa? Tradicional? Moderna? Pensando nessas características, que tipo de linguagem tem mais a ver com a cultura da sua empresa?

 

4) Identidade visual

 

A partir das características da sua empresa e da linguagem com a qual ela se comunica com seus públicos, defina os principais atributos da identidade visual da sua marca: imagens, cores, tipos de fotos, tipos de fonte, padrões de arte podem agregar valor à comunicação do conteúdo e fortalecer seu discurso. É importante determinar também os atributos que não condizem com as características da sua marca e, por isso, não devem ser usados nas suas mídias sociais.

 

5) Frequência de publicações

 

Estabeleça uma frequência para os posts da sua empresa em cada rede social. Não existe uma quantidade ideal a ser seguida, mas é fundamental haver periodicidade para as postagens em cada mídia social, a fim de criar e estimular um engajamento de qualidade com os seguidores.

 

6) Testes e mais testes do conteúdo

 

Nas redes sociais, tudo pode – e deve – ser testado: horário e frequência de postagens, tipos diferentes de conteúdo, maneiras de abordar determinados assuntos, imagens, vídeos etc. Ao comparar os resultados de cada teste, fica mais simples encontrar e analisar os detalhes sobre as publicações que fazem mais sucesso em cada rede social.

 

O que dá mais certo para a sua marca?

 

A partir da definição de um dos pontos acima, você pode determinar o “padrão comportamental e visual” que sua marca deve seguir nas redes sociais. Ou seja, com essas referências, você vai conseguir produzir postagens de maneira mais assertiva, decidindo melhor a abordagem, as campanhas promocionais, as imagens, as frases de efeito e os temas que podem interessar mais seus seguidores e gerar mais engajamento e vendas.

E, se as postagens não derem tão certo quanto você esperava, tudo bem. O importante é analisar o caminho seguido na elaboração do conteúdo, tentar entender o que falhou e procurar maneiras de corrigir o percurso na criação dos próximos conteúdos.

Por fim, uma última dica: ao planejar a comunicação da sua empresa no ambiente digital, organize um plano de gestão de marca nas redes sociais. O material funcionará como um guia para os profissionais que produzirem conteúdo nas mídias, mantendo sempre a coerência das publicações com a estratégia e a cultura da marca.

 

Por:

COMENTE

Comentários